Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

‘Estádio de exceção': Polícia brasileira prende ativistas anti-Copa

O coletivo Midia Ninja denuncia que ativistas contrários à Copa do Mundo estão sendo presos na cidade do Rio de Janeiro antes do início dos jogos. Estas prisões tem por objetivo prevenir “futuros crimes em uma tentativa de intimidar” aqueles que querem sair às ruas e protestar:

A Polícia Cívil do Rio de Janeiro acaba de executar uma série de detenções. Na manhã de hoje as ativistas Elisa Quadros (conhecida como Sininho), a advogada Eloisa Samy e o cinegrafista Thiago Ramos, foram presos em casa , e estão sendo levados para investigação na DRCI – Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática. Na última semana em Goiânia, mandatos de busca e apreensão ja haviam sido utilizados como forma de cerceamento ao direito de manifestação e tática de coerção contra a parcela da população que pretende manifestar suas indignações durante o evento da FIFA.