Fechar

Faça uma doação para manter o Global Voices no ar!

Cobrimos 167 países. Traduzimos em 35 idiomas. Somos o Global Voices.

Somos mais de 800 colaboradores trabalhando juntos em todo o mundo para oferecer aos nossos leitores notícias que são difíceis de encontrar em veículos tradicionais. Não podemos, porém, fazer tudo isso sozinhos. Embora a maioria de nós seja voluntária, ainda precisamos de sua ajuda para apoiar os nossos editores, tecnologias, projetos de extensão e defesa de direitos online, além dos eventos de nossa comunidade.

Doe agora »
GlobalVoices em Leia mais »

Grécia: Protesto Anti-Racista em Imagens

Este artigo faz parte da nossa cobertura especial Europa em Crise.

No sábado, 1 de Setembro de 2012, tomou lugar um protesto anti-racista no centro de Atenas, Grécia. Centenas de manifestantes, na maioria anarquistas, concentraram-se na Praça Monastiraki [en] para protestar contra acontecimentos recentes, tais como ataques violentos, até mortais, contra imigrantes [el] por parte de membros do grupo de extrema-direita Aurora Dourada, a exposição em “praça pública” de prostitutas seropositivas pela polícia [el], e a campanha “Xenius Zeus” do governo, com particular incidência sobre pessoas de cor, sujeitas a serem revistados e obrigadas a apresentarem os seus documentos de identificação.

Concentração de manifestantes em Monastiraki. Foto de autora.

Concentração de manifestantes em Monastiraki. Foto de autora.

Os manifestantes avançaram pela Praça Omonoia percorrendo a Rua Athinas e acabaram de novo em Monastiraki. A polícia de choque impediu-os de continuarem pela Rua Panepistimiou [que leva ao Parlamento grego], no entanto não houve mais incidentes exceptuando algumas disputas verbais menores entre alguns manifestantes e a polícia.

Manifestantes na Praça Omonoia. Foto da autora.

Manifestantes na Praça Omonoia. Foto da autora.

Na faixa dos protestantes lê-se: "Vamos esmagar os fascistas e os polícias genocidas. Que os locais e os refugiados lutem em conjunto". Foto da autora.

Na faixa dos protestantes lê-se: “Vamos esmagar os fascistas e os polícias genocidas. Que os locais e os refugiados lutem em conjunto”. Foto da autora.

Bloqueio aos manifestantes na Rua Panepistimiou. Foto da autora.

Bloqueio aos manifestantes na Rua Panepistimiou. Foto da autora.

Ultimamente têm tomado lugar vários protestos, organizados por diferentes colectivos com diferentes crenças [el]. No vídeo que se segue, podem ver-se algumas imagens dos protestos anti-racismo de 24 de Agosto, principalmente apoiados por refugiados:

A maioria das pessoas na Grécia, de qualquer quadrante político, já não é indiferente ao racismo. O fascismo está agora institucionalizado na Grécia, desde que o partido neo-nazi foi eleito para o parlamento [en].

Homem de idade a protestar convictamente. Foto da autora.

Homem de idade a protestar convictamente. Foto da autora.

A sociedade grega está gradualmente a aperceber-se que o racismo é uma ameaça e que deve ser confrontado.

Este artigo faz parte da nossa cobertura especial Europa em Crise.

Regiões do mundo

Países

Línguas