Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Agência de Notícias Iraniana “Melhora” Discurso do Oscar de Farhadi

Os iranianos estão extremamente felizes com a notícia do prêmio de melhor filme estrangeiro dado ao longa de  Asghar Farhadi “A Separation”  (A Separação) na cerimônia do Oscar, em Hollywood, na noite do dia 26 de fevereiro de 2012.

É o primeiro filme iraniano a vencer um Oscar.

Blogueiros iranianos celebraram ativamente a boa notícia, e alguns fãs criaram pôsteres variados para o filme “A Separação”.

Muitos blogueiros, como Faryad Zier Ab e Raze Gole Sorkh publicaram traduções (ou trechos) do discurso de Farhadi em persa. É um discurso que o popular website americano Slate descreveu como “o melhor da noite”.

O discurso de Farhadi atraiu ainda mais atenção depois que a Fars News, agência semi-oficial de notícias do Irã, adicionou suas próprias palavras à trascrição do discurso.

Em seu discurso, Farhadi disse:

At this time, many Iranians all over the world are watching us and I imagine them to be very happy. They are happy not just because of an important award of a film or filmmaker, but because at the time when talk of war, intimidation, and aggression is exchanged between politicians, the name of their country Iran is spoken here through her glorious culture, a rich and ancient culture that has been hidden under the heavy dust of politics. I proudly offer this award to the people of my country, a people who respect all cultures and civilizations and despise hostility and resentment.

Neste momento, muitos iranianos por todo o mundo estão nos assistindo e eu imagino que estejam muito felizes. Estão felizes não só pelo importante prêmio de um filme ou realizador, mas porque num momento em que palavras sobre guerra, intimidação e agressão são trocadas entre políticos, o nome de seu país é falado pela sua gloriosa cultura, sua rica e antiga cultura que vem sendo escondida debaixo da poeira densa da política. Eu tenho o orgulho de oferecer este prêmio à população do meu país, às pessoas que respeitam todas as culturas e civilizações e desprezam a hostilidade e o ressentimento.

Tavalode Sabz diz [fa] que a Fars News embelezou o discurso de Farhadie mudou suas palavras para:

“Iranian people respect all cultures despite the western hostility with Iranian nuclear program.”

“O povo iraniano respeita todas as culturas apesar da hostilidade ocidental com o programa nuclear iraniano”

Enquanto isso, iranianos celebram a vitória em todos os cantos do mundo, até mesmo os estudantes do Clube de Cinema Iraniano da Texas A & M University festejam com muita alegria, como mostra este vídeo:

O blogueiro Band escreve [fa] que o cinema iraniano experienciou uma “noite inesquecível” que há menos de um ano atrás seria difícil de imaginar.

A Separação ganhou diversos prêmios internacionais desde o seu lançamento em 2011, do Urso de Ouro (Berlinale) ao Globo de Ouro. O título em persa é “A Separação de Nader e Simin”, e conta a história da difícil separação de um casal de meia idade no Teerã.