Fechar

Faça uma doação para manter o Global Voices no ar!

Cobrimos 167 países. Traduzimos em 35 idiomas. Somos o Global Voices.

Somos mais de 800 colaboradores trabalhando juntos em todo o mundo para oferecer aos nossos leitores notícias que são difíceis de encontrar em veículos tradicionais. Não podemos, porém, fazer tudo isso sozinhos. Embora a maioria de nós seja voluntária, ainda precisamos de sua ajuda para apoiar os nossos editores, tecnologias, projetos de extensão e defesa de direitos online, além dos eventos de nossa comunidade.

Doe agora »
GlobalVoices em Leia mais »

Irão: Blogger Pode Enfrentar Pena de Morte por Insultar o Islão

Um blogger iraniano de 50 anos de idade, Mohammad Reza Shajari (aliás Siamak Mehr [en]), foi acusado de “insultar o Profeta do Islão” e de “inimizade para com Deus”, ou de “travar guerra contra Deus”, acusações que podem acarretar a pena de morte no Irão. O seu julgamento, ocorrido a 21 de Dezembro de 2011, durou apenas 15 minutos.

A sua filha, Mitra Pour Sharjari, disse ao Deutsche Welle's Farsi [fa] que o seu pai declarou ao juiz que não se defenderia a si próprio, já que o seu advogado, os membros do juri, ou os media, não estavam presentes. “Um dia, como Gaddafi, hás-de te esconder num buraco”, disse ao juiz. O juiz respondeu-lhe que não lhe faria diferença já que “Agora estamos aqui, e tu, e pessoas como tu, hão-de pagar o preço.”

Siamak Mehr foi detido em Setembro de 2010. No seu blog, Iran Land's Report, terá criticado fortemente a República Islâmica e o Islão.

No seu último post [fa], de 8 de Setembro de 2010, dizia considerar os clérigos xiitas um grupo mafioso que desbastou os recursos nacionais do Irão desde [a Revolução Islâmica em] 1979.

Abaixo apresenta-se um vídeo mostrando Siamak Mehr algemado, aparentemente a caminho do tribunal:

O blogger iraniano Azarmehr escreve [en] acerca deste vídeo, dizendo:

Who would you expect to be chain bound, hands and feet, and surrounded by revolutionary guards special units as he is taken to appear before the revolutionary court? A dangerous criminal? In fact, the person you see hands and feet bound in the footage below is a gentle and polished man, who has lost a kidney as a result of tortures he has suffered in prison.

Quem esperaria ser agrilhoado, de pés e mãos, e rodeado de unidades especiais de guardas da revolução para ser apresentado perante o tribunal revolucionário? Um perigoso criminoso? Na verdade, a pessoa que vemos agrilhoada de mãos e pés na gravação abaixo é um gentil e polido homem, que perdeu um rim como resultado das torturas que sofreu na prisão.

Mehdi Roud escreve [fa]:

This blogger was charged with Medieval laws for publishing his ideas in his blog. His family did not have the right to be present in court… and a political prisoner like him can face the death penalty.

Este blogger foi acusado face a leis medievais por publicar as suas ideias no seu blog. Não foi dado o direito de presença no tribunal à sua família… e um preso político como ele pode enfrentar a pena de morte.

Em Fevereiro de 2011, Bazaferinieazad publicou [fa] uma carta de Siamak Mehr na qual afirma ser acusado de actos contra a segurança nacional e de insultar os líderes do regime.

Diz ainda que o seu ficheiro menciona ter ele insultado a santidade [islâmica], tal como Salman Rushdie [en] (um escritor britânico de origem indiana a quem o Ayatollah Khomeini dirigiu uma célebre fatwa).

Numa carta à sua filha, Siamak Mehr escreve [en]:

Dear Mitra,
Remember I am not just a person, but I am also a notion. A notion which is deep rooted amongst Iranians, and I am extremely hopeful that finally we shall overcome this evil, this anti-human anti-freedom and anti-life source. Therefore never regard my physical destruction as the destruction of this flourishing notion”

Querida Mitra:
Recorda que não sou apenas uma pessoa, mas que sou também um sentimento. Um sentimento que está profundamente enraizado nos iranianos, e estou extremamente esperançoso de que iremos finalmente superar este mal, esta fonte anti-humana, anti-liberdade e anti-vida. Por isso, nunca tomes a minha destruição física como a destruição deste sentimento florescente.

O regime iraniano tem detido diversos bloggers nos últimos anos. Como demonstrou a trágica morte em do blogger Omid Reza Mirsayafi, ocorrida em 2010 na prisão, quanto mais isolado e privado de uma rede um blogger estiver, maior é perigo que corre.

Regiões do mundo

Países

Línguas