Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Ativistas mobilizam-se pela adoção do Marco Civil da Internet

Ativistas dos direitos da Internet encontram-se hoje em Brasília para pressionar o Congresso Nacional a aprovar a carta de direitos para os utilizadores da Internet, conhecida como Marco Civil. Um deles é o antigo colaborador do Global Voices, Diego Casaes, que trabalha com a organização global Avaaz e escreveu no Facebook antes de partir para a capital: 

Hoje a Avaaz se juntou ao grandioso Gilberto Gil e a diversos movimentos e organizações de direitos civis em uma campanha que interessa a todos nós: a aprovação do Marco Civil com a defesa da neutralidade da rede.

Faz mais de 3 anos que eu acompanho o Marco Civil, desde o processo de consulta pública online até o dia em que o PL entrou na Câmara dos Deputados. A votação foi adiada 10 vezes, pelo menos, no que demonstra um embate homérico entre a sociedade civil e as empresas de telecomunicações: do nosso lado, parlamentares que defendem a liberdade na rede e uma série de movimentos civis que lutaram contra vários Golias bilionários, do outro os Golias, as empresas que controlam a estrutura das telecomunicações do Brasil, e que todos os anos lucram quantias absurdas, mesmo oferecendo um serviço ineficiente.

Essa semana muita coisa pode mudar: se aprovarmos o Marco Civil (garantindo a neutralidade da rede) daremos um passo gigante na luta pela nossa privacidade, pelos nossos direitos, e para manter a natureza democrática da internet. 

Eu tô com o Gil, e já assinei. E vou à Brasília falar com os deputados na quarta-feira. Por isso eu peço: assinem e terão a garantia de que haverá pessoas comprometidas com nossos direitos, argumentando, dialogando e fazendo valer a voz do povo no Congresso antes da votação.

A petição da Avaaz, “Por uma Internet livre e democrática“, reuniu mais de 290.000 assinaturas em menos de 24 horas. 

No Twitter estão a ser usadas as hashtags #MarcoCivil, #MarcoCivilJa e #VaiTerMarcoCivil. O assunto era “trending” na véspera do voto agendado, 11 de março de 2014. 

  • SexShopSex

    muitos foram enganado ludiabriado com discurso de Gilberto Gil dando a entender que era contra mas na verdade era contra reforma , ninguem quer o m arco civil exceto pt para blindar lulinha, e a globo.