Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Para humoristas russos, está chovendo meteoritos

Sexta-feira de manhã (15/02), um meteoro desintegrou-se na atmosfera, sobre a cidade de Tcheliabinsk, na região dos Montes Urais, antes de chocar-se com o solo. Se as autoridades russas ainda estão procurando [ru] onde os fragmentos caíram, o fato é que a queda provocou várias ondas de choque supersônico, que estilhaçaram vidros de janelas e derrubaram diversos objetos.  Durante a noite, autoridades do Oblast [divisão administrativa] de Tcheliabinsk anunciaram [ru] que quase mil pessoas estavam feridas, entre as quais 204 crianças, a maioria atingida por estilhaços de vidro.

Uma grande quantidade de vídeos amadores invadiu o YouTube. Muitos clipes mostram a sequência imediata da desintegração, ou seja, a espessa trilha de fumaça que flutuou no céu. Como há muitos russos que possuem cameras de bordo nos seus carros (principalmente por motivos de segurança), as imagens da queda do meteorito são igualmente abundantes. O popular foto-blogger Ilya Varlamov postou [ru] durante o dia uma grande coleção de tais vídeos em seu blog  LiveJournal.

Os estragos e ferimentos causados na sexta-feira pelo desastre não impediram, muito pelo contrário, que os internautas russos fizessem piadas e as propagassem. Se rir é um remédio natural para os dramas, o fato do meteorito ter caído justamente em Tcheliabinsk já é por si só uma comédia sob medida para os Russos, porque a cidade é conhecida, celebrada e ridicularizada por ser um canto particularmente difícil e pobre do país. As piadas sobre Tcheliabinsk [ru] ocupam um espaço à parte no universo do humor russo, cuidadosamente preservado no segmento de Ivan Douline do programa de televisão Nacha Russia ['Nossa Russia', em russo]. Um exemplo: “o metrô de Tcheliabinsk é tão resistente que se locomove sob a terra sem túneis subterrâneos .”

Embora os russos estejam acostumados com piadas, os internautas russos foram capazes de rir de forma surpreendente [ru]. Uma conta falsa, representando o Ministério das Relações Exteriores da Russia,  twittou [ru]:

Челябинский цинковый завод настолько суров, что берёт руду прямо из космоса

A fábrica de zinco de Tcheliabinsk é tão resistente que extrai minério diretamente do espaço.

O assunto do momento associado à palavra queda, originou outras piadas e alguns tuiteiros espalharam a versão resumida:

Челябинский дождь настолько суров… #метеорит

A chuva em Tcheliabinsk é tão resistente que … #meteorito

Algumas figuras públicas também se arriscaram a sair do sério. Anna Veduta, porta-voz do blogueiro anti-corrupção Alexey Navalny, republicou um cartão virtual deste último, com as palavras [ru] :

Жители метеорита с ужасом наблюдали приближение Челябинска.

Os habitantes do meteoro ficaram apavorados com a iminente aproximação de Tcheliabinsk.

Parodiando o projeto de lei atual do Parlamento russo que proíbe a “propaganda homossexual”, alguns usuários do Twitter espalharam [ru] a notícia falsa que a Duma [Câmara baixa do Parlamento russo] se apressava a implementar um projeto de lei  ”proibindo a queda de meteoros”, maneira de dizer  que a  campanha do governo contra os gays é tão irracional quanto a ilegalização de desastres naturais.

O jornalista Dmitri Olchanski lamentou o estado da nação, escrevendo [ru] no Facebook, “pobre, pobre Rússia, sempre a mesma coisa”, em conexão com um artigo [ru] de Lenta.ru, segundo o qual moradores de Tchelyabinsk estão quebrando suas janelas para ter direito às indenizações públicas reservadas às vítimas do meteorito.

Sem esquecer que os internautas russos trabalharam com suas versões (provavelmente pirateadas) de Adobe Photoshop para compor uma enxurrada de paródias ou “fotozhaba” (literalmente “foto-sapo”) de imagens do meteorito cruzando o céu de Tchelyabinsk. Algumas são totalmente apolíticas (como a comparação a um ataque de Angry Birds ou o cenário do filme Armageddon de 1998), outras fazem pilhérias de Vladimir Putin (e sua cultura do machismo) ou até mesmo de Nadezhda Tolokonnikova, integrante da banda punk Pussy Riot.

Abaixo, alguns dos exemplos mais divertidos propagados, todos anônimos, da reação “fotozhaba” ao meteorito de Tcheliabinsk.

An anonymous image widely circulated online.

Previsões meteorológicas imaginadas para Tcheliabinsk.

An anonymous image widely circulated online.

Putin cavalgando um meteoro.

An anonymous image widely circulated online.

Finalmente, distribuído pelo Correio Russo.

 

The Chelyabinsk meteorite compared to the popular game Angry Birds. An anonymous image widely circulated online.

O meteorito de Tcheliabinsk comparado ao jogo popular Angry Birds.

An anonymous image widely circulated online.

Uma integrante da banda Pussy Riot pensando “Virgem Maria perdida”, com o nome Tcheliabinsk escrito ao lado, por trás do meteorito. Legenda: “Uma oração interrompida. Um resultado impreciso” fazendo referência à “oração” da banda Pussy Riot para banir Putin. Imagem anônima amplamente divulgada online.