Activists in Cochabamba protest against the alarming rates of violence against women. Photo by Stephanie Weiss.

“Não à violência”. Ativistas em Cochabamba protestam contra os níveis alarmantes de violência contra mulheres. Foto por Stephanie Weiss.

Segundo um relatório das Nações Unidas, sete em cada dez mulheres bolivianas foram vítimas de violência, e apenas 17% recorreram às autoridades para registrar os casos. Ademais, um relatório da Organização Panamericana de Saúde apontou que 53% das mulheres bolivianas [es] foram vítimas de violência física ou sexual – a maior taxa entre os 12 países da região que foram pesquisados.

Por conta do recente aumento no número dessas modalidades de crime contra as mulheres bolivianas, um grupo de ativistas da cidade de Cochabamba protestou em frente ao Palácio de justiça e na Praça central no dia 6 de Fevereiro de 2013, criticando a inércia e o silêncio das instituições estatais. A fotógrafa Stephanie Weiss publicou um álbum no Flickr com fotos desses protestos de rua, que foram parcialmente organizados com o uso das mídias sociais.