Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

10 resoluções de Ano Novo para navegar a Web com segurança em 2013

No Global Voices Advocacy (GVA), nós nos dedicamos à defesa da liberdade de expressão. Sempre publicamos guias e ferramentas [en] para auxiliar netizens a navegar de maneira segura, driblar a censura e se proteger online.

Por isso, em 2013, nos comprometemos a continuar a defender nossos direitos como netizens, publicando relatórios originais e uma nova série de guias sobre áreas tão diversas quanto fraude, anonimato, vigilância, privacidade, jornalismo cidadão, visualização, ativismo online e defensoria.

Com o final de 2012 a equipe do GVA decidiu sugerir 10 resoluções para 2013, apresentadas como uma revisão de algumas ferramentas e estratégias para a sua proteção online. Esta é uma seleção das melhores maneiras e métodos que nós encontramos em 2012. Lembre-se de que nenhuma tática lhe dará 100% de segurança online. Use sempre seu bom senso.

Desejamos a todos uma Internet mais segura e livre em 2013

#1 – Oculte sua identidade ao navegar pelo celular

Se você é uma companhia que deseja monitorar os hábitos online de clientes em potencial ou um governo repressor obcecado pela busca por dissidentes na Internet, smartphones são perfeitos para você. Nenhuma outra tecnologia esteve tão próxima de alcançar o pesadelo distópico de George Orwell. Entretanto, há várias formas de auxiliar os usuários a navegar na Internet com seus celulares de maneiras mais inteligentes e seguras.

Orbot [en] é um aplicativo grátis e aberto para Android que usa os servidores no mundo inteiro da rede Tor para ocultar a localização e a identidade de um usuário. O aplicativo foi desenvolvido pela Tor [en] e pelo The Guardian Project [en].

#2 – Aprenda boas práticas de cobertura móvel

Quer você seja um jornalista profissional ou um produtor de mídia cidadã, você vai querer dar uma olhada no guia “Ferramentas e práticas seguras online e em dispositivos móveis para o profissional de mídia” [en]. Este guia abrangente, produzido pela Internews [en], uma organização sem fins lucrativos que trabalha no mundo inteiro com o empoderamento de mídias locais, oferece bons conselhos para produtores de mídia sobre a própria proteção e a de fontes enquanto utilizam dispositivos móveis.

#3 – Permaneça anônimo online

Impeça websites e governos de te rastrear online, use Tor [en]. Tor é um popular navegador grátis que utiliza uma rede global de servidores voluntários, os quais te ajudam a navegar com segurança, enquanto ocultam sua localização de redes de vigilância e análise de tráfego. Tor também pode ser baixado em um dispositivo USB e utilizado em qualquer computador.

#4 – Lembre-se do básico

É sempre uma boa ideia lembrar-se de algumas regras básicas de segurança online. O Google oferece um conjunto útil de dicas para manter-se seguro na Web.

http://youtu.be/o5wC826_Z18

Por falar em regras básicas, a página da Electronic Frontier Foundation (EFF) sobre Auto-defesa contra vigilância [en] continua sendo uma leitura obrigatória para aqueles que desejam saber o fundamental sobre tecnologias de defesa, tais como encriptação, maneiras seguras de deletar dados ou redes privadas virtuais.

#5 – Planeje-se antes de ter problemas

Se você tem um blog, e especialmente se vive em um ambiente de repressão, pense em um plano para o caso de ser preso. Jillian C. York, membro do GVA, dá várias dicas e sugere ações premeditadas para blogueiros que estejam correndo risco neste artigo [en] escrito para a Electronic Frontier Foundation.

#6 – Navegue como James Bond… sem deixar rastros

Lifehacker nos ensina como usar um sistema operacional portátil baseado em Linux chamado Tails [en], para navegar de qualquer computador “sem deixar nenhum rastro”. A tática não é completamente infalível, mas nada é, não é mesmo?

#7 – Proteja sua privacidade, impeça o rastreamento online

Seus hábitos de navegação dizem muito sobre você. A maioria dos websites e dos anunciantes online sabem disso muito bem e utilizam técnicas invisíveis de rastreamento para coletar informações pessoais sobre você.

EFF oferece um rápido guia [en], contendo quatro passos que irão permitir que você impeça invasões indesejadas da sua privacidade.

Você talvez também queira usar DuckDuckGo [en], uma ferramenta alternativa de buscas que, ao contrário do Google, não guarda as suas informações.

#8 – Proteja seus dados

Proteja dados de natureza delicada utilizando um software de encriptação do seu HD, como o Truecrypt [en]. Use-o em todos os seus computadores [en]. Trucrypt é um software gratuito, fácil de usar, leve e intuitivo, com o qual você pode criptografar seu HD inteiro ou partes dele. Ele é particularmente útil para proteger e ocultar arquivos delicados, especialmente quando se está viajando ou cruzando fronteiras.

Este artigo na Wikipédia [en] contém informações adicionais e sugere outros softwares de encriptação de disco, bem como os sistemas com os quais eles são compatíveis.

#9 – Destrua dados indesejáveis

Arquivos deletados podem ser recuperados com facilidade por alguém interessado neles. Certifique-se de que seus arquivos indesejados não estejam acessíveis para terceiros, utilizando um software para deletar arquivos definitivamente [en]. Um dos mais populares é o Eraser [en], um freeware (software gratuito) disponível para Windows. Ele destrói dados indesejados gravando várias vezes seguidas sobre eles.

#10 – Comprometa-se a derrotar a censura

Porque o propósito original da Internet é permitir às pessoas que se comuniquem livremente, sem a interferência de governos ou corporações, é essencial que nós, netizens, aprendamos maneiras de dificultar a vida dos inimigos da liberdade de expressão.

Floss Manuals, uma fundação sem fins lucrativos com sede nos Países Baixos que se dedica à promoção do uso de software livre, publicou no início de 2012 um livro abrangente, intitulado “Como driblar a censura na Internet” [PDF, 240 páginas, 12 MB, em inglês]. O livro contém diversas ferramentas e técnicas voltadas para derrotar a censura. Ele também analisa os riscos associados a cada ferramenta. Uma versão inicial mais leve está disponível aqui [PDF, 8 páginas, 268 KB, em inglês].

* * *

- O coletivo Tactical Technology lançou o site  Security In A Box: um conjunto extenso de ferramentas de segurança digital para ativistas. Disponível em diversos idiomas.

- “Guia prático para proteger sua identidade e segurança online e ao utilizar o celular“, do movimento Acesss. Também disponível em diversos idiomas.

Agradecemos à comunidade do Global Voices Advocacy pela ajuda para reunir as fontes disponíveis neste artigo.