Fechar

Faça uma doação para manter o Global Voices no ar!

Cobrimos 167 países. Traduzimos em 35 idiomas. Somos o Global Voices.

Somos mais de 800 colaboradores trabalhando juntos em todo o mundo para oferecer aos nossos leitores notícias que são difíceis de encontrar em veículos tradicionais. Não podemos, porém, fazer tudo isso sozinhos. Embora a maioria de nós seja voluntária, ainda precisamos de sua ajuda para apoiar os nossos editores, tecnologias, projetos de extensão e defesa de direitos online, além dos eventos de nossa comunidade.

Doe agora »
GlobalVoices em Leia mais »

Suspensão da censura de “V de Vingança” repercute na China

Todos os links levam a páginas em inglês, a não ser quando especificado diferentemente.

O filme V for Vendetta [ou «V de Vingança», versão em português], suspense produzido em 2005 sobre uma sociedade distópica em um futuro próximo, anteriormente censurado na China, foi ao ar no Canal Seis, da Estação Televisiva Central da China (CCTV), em 14 de dezembro de 2012. Muitas pessoas ficaram surpresas com a exibição, em especial com a máscara de V, a qual tem sido utilizada por ativistas em todo o mundo como um símbolo de resistência contra a opressão de governo.

Exibição de um filme com conteúdo político

Este vídeo, baixado pelo usuário do youtube loveforchina, é um exemplo de como os ativistas têm utilizado o filme para protestar contra a situação dos direitos humanos na China:

Por esta razão, a ação da CCTV logo se tornou um tema popular online na plataforma do microblog chinês Sina Weibo. Até mesmo um debate temático, huati [zh], foi configurado na plataforma e logo teve mais de 3.469 correntes de discussão.

O jornal Trumpet Micro (喇叭微新聞) destaca [zh] essa corrente de debate popular:

V ocupou a Estação Televisiva Central da China. Uma imagem produzida com photoshop, pelo usuário do Twitter Kunshou.

NOW!CCTV6正在播出《v字别动队》(又名《V字仇杀队》)。应该算是大陆首播了!

Agora! CCTV6 está exibindo V de Vingança. Esta deve ser a primeira vez que o filme está sendo exibido em território chinês.

A manchete do jornal atraiu muitos a tomar parte na discussão:

橐橐:禁播才心里有鬼,放开后发现其实也没什么大不了,也许中国不要中共的领导也不会有什么啦,一切都是猜测。

橐橐:Censura significa que há um assombração no coração [das autoridades]. Uma vez suspensa a censura, tudo se torna normal. Talvez a China não precise realmente da liderança do Partido Comunista Chinês, mas isto é, obviamente, especulação.

叶孤城蝶恋花:知道CCTV6播V确实是激动了半天,感觉天朝还是有希望的,就是没想通怎么要改成个别动队,求解释

叶孤城蝶恋花:Estou tão empolgado com a exibição do filme V, passando no canal 6 da CCTV, e sinto que, no fim das contas, há esperança para o Império. Todavia, não entendo porque mudaram o título do filme (de “V Tropa Assassina de Vingança” 字仇殺隊)para “V Equipe Imóvel” (V字別動隊 – ou V Equipe Comando). Alguém pode explicar?

Menos censura no futuro?

Com exceção do título do filme, seu conteúdo não foi editado, como relatado pelo site de notícias China Digital Times. O site LosAngels Angel ressaltou [zh] que a Administração de Rádio, Filme e Televisão do Estado (SARF) é responsável direta pelo gerenciamento da programação do canal 6 da CCTV, por isso a ação tem implicações políticas:

2月14日晚,大陆央视电影频道首次播放了禁片《V字别动队》,该举动引发了了网友们的热议,很多人甚至在怀疑自己的眼睛或者是电影频道的编审们睡过了头。不过,据圈内人介绍,央视电影频道名义上属央视,但该频道播出与制作分离,行政上由国家广电总局负责,

Na noite de 14 de dezembro, a CCTV transmitiu pela primeira vez o filme censurado V de Vingança. A ação impulsionou discussão acalorada entre os internautas e, enquanto alguns acharam inacreditável, outros declararam que os operadores do canal tinham dormido nos [controles]. Entretanto, segundo o círculo da TV, a produção e o gerenciamento do canal de filme da CCTV são separados, assim como a SARF é a responsável direta por sua administração.

Até mesmo a Global Times, agência de notícias controlada pelo Estado, destacou reações dos internautas em seu microblog e atraiu algumas críticas:

南扉:能不能放,不是由老百姓说了算。制度不改革,老百姓只能旁观是明君还是昏君

南扉: As pessoas não decidem se o filme pode ou não pode ser transmitido. Se não há reforma no sistema, as pessoas somente podem comentar se o rei é bom ou mau.

我愛壹玖捌柒:该上船的早已经上去了,谁还管你电视放什么电影,既然这样,把那部三个小时的《天安门》也放一下吧。

我愛壹玖捌柒:Aqueles que decidiram sair já se foram e ninguém liga para os filmes que são transmitidos. Por que não exibir aquele filme com três horas de duração: Tiananmen?

Cupid_Yes:干脆把局域网也开放点?

Cupid_Yes:Por que não se abre o Great Fire Wall (filtro da internet na China)?

静静的粉玫瑰:真心希望这是一个好的信号。其实中国一直是一个有深厚文化底蕴的国度,非常怀念春秋战国时期百家争鸣,各种思想家争相涌现的时代。解放思想,文化多元,这个国家才有希望,才会让脚踏实地地人们学会仰望星空。

静静的粉玫瑰:Espero muito que isto seja um bom sinal. A China é uma nação com uma cultura rica. Sinto falta da época dos estados beligerantes de primavera e outono, em que haviam tantas escolas de pensamento competindo entre si. Um país tem esperança quando tem liberdade de pensamento e cultura diversificada. Somente então as pessoas poderão observar o céu estrelado em paz, enquanto se encontram em terra firme.

Os Bridge bloggers foram rápidos em descobrir a notícia. Brendon Connelly também considerou a exibição supreendente:

I have no idea how many millions may have seen this story of a masked insurgent leading a revolution against a corrupt regime, and we can only guess what cultural impact it may – or may not – have had. Pretty soon, maybe, all of the cheap V masks won’t be just made in China.

So have things started to change in Chinese broadcasting? Xi Jinping assumed office as the General Secretary of the Communist Party of China on November 15th and he may have brought a more liberal attitude with him…
…or perhaps V was a one-off. Time will tell.

Não faço ideia de quantas milhões de pessoas possam ter visto essa estória de um mascarado insurgente que lidera uma revolução contra um regime corrupto, e podemos somente advinhar o impacto cultural que isto pode – ou não – ter tido. Bem logo, talvez as máscaras baratas de V não serão simplesmente feitas na China.

Então, as coisas começaram a mudar na radiodifusão chinesa? Xi Jinping tomou posse como secretário-geral do Partido Comunista Chinês, no dia 15 de novembro, e pode ter trazido com ele uma atitude mais liberal… …ou talvez V seja uma exceção. O tempo dirá.

Regiões do mundo

Países

Línguas