Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Egipto: O povo exige software livre e aberto

Muito já se disse sobre o carácter libertador que a tecnologia assumiu nas revoltas do Médio Oriente, mas ainda há muito a explorar no que diz respeito ao papel que a revolução deve desempenhar na libertação da própria tecnologia naquela região.

Na quarta feira [26 de Dezembro de 2012] o Facebook oficial do Primeiro Ministro egípcio publicou o resumo de uma das suas reuniões recentes, na qual o governo aceitou gastar $43,8 milhões de dólares na aquisição de licenças e produtos de software da Microsoft. Muitos cidadãos egípcios começaram a expressar o seu descontentamento depois de lerem a notícia.

@rrcoalition: الحكومة تشترى سوفت وير من مايكروسوفت ب 44 مليون دولار, ويقولوا الدولة على وشك الافلاس

@rrcoalition: O governo paga $44 milhões em software da Microsoft ao mesmo tempo que afirma que o estado está prestes a entrar em bancarrota.

@Aya_Ayman: Yes, because the government fed and sheltered all the poor and homeless in Egypt and have a few extra millions left!

@Aya_Ayman: Sim, porque o governo alimentou e deu abrigo a todos os pobres e mendigos do Egipto e sobraram alguns milhões!

No entanto, as pessoas não estavam indignadas por causa da quantia imensa a ser gasta, mas principalmente porque vêem alternativas melhores que podem custar menos e também ajudar a desenvolver a comunidade local de desenvolvimento de software.

43 milhões de dólares podem fazer muito com Open Source

“43 milhões de dólares podem fazer muito com Open Source” Samar Ali (@SaMoRaAli) partilhou este banner no Twitter.

@Gue3bara: الحكومة كان ممكن تصرف مليون دولار مصري فقط وتسخر مجموعة من المطورين المصريين يشغلوا اجهزة الحكومة ببرمجيات مفتوحة المصدر

@Gue3bara: Em vez de gastar este dinheiro, o governo podia gastar apenas um milhão com programadores locais que desenvolvessem soluções alternativas para o governo através de software open source.

Omar Ak (@i3mmoor) explicou brevemente o significado de Software Open Source (código aberto):

‏Pt – the open source besides being free, it can be modified and does not demand renewal. #OpenEgypt.

Nota: para além de ser livre, o open source pode ser modificado e não exige renovação. #OpenEgypt

Nagla Rizk, directora fundadora do Centro de Acesso ao Conhecimento para o Desenvolvimento (A2K4D) e membro do comité dirigente do Projecto de Investigação e Inovação Open Africa (Open A.I.R), acrescentou no Twitter (@naglarzk):

تعاقد الحكومة المصرية مع مايكروسوفت يزيد من توغل الأخيرة في السوق المصري ويقلص فرص الشركات الصغيرة خاصة القائمة ع المصدر المفتوح #OpenEgypt

Este contrato com a Microsoft, não só aumenta a presença da empresa no mercado egípcio como também reduz as oportunidades para pequenas empresas locais que pretendam competir no mercado, especialmente aquelas que se baseiam em Software Open Source.

@naglarzk: $43m deal w microsoft is real setback for #Egypt, esp after revolution with promise of openness, collaboration & freedom. #OpenEgypt

o acordo de $43m com a Microsoft é um retrocesso para o #Egipto, especialmente depois da revolução com promessas de mais abertura, colaboração e liberdade. #OpenEgypt

Hossam El-Hamalawy (@3arabawy) publicou com mais detalhe as razões [ar] pelas quais este acordo não deveria ser firmado. E muitas outras organizações assim como indivíduos começaram a assinar esta petição [ar].

As coisas não ficaram por aqui. Membros da comunidade Open Source no Egipto convocaram uma manifestação silenciosa em frente ao gabinete dos ministros no dia 30 de Dezembro. Outros protestos estão a ser organizados em diferentes regiões do país. A hashtag #OpenEgypt está a ser usada para explicar às pessoas o que é o Software Open Source e quais as suas vantagens.