Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Órgãos de comunicação chineses calam tragédia em escola local

No dia 14 de Dezembro de 2012, 20 crianças foram mortas a tiro no estado do Connecticut, Estados Unidos da América. A triste notícia foi imediatamente difundida pela rede de televisão pública chinesa CCTV e foi manchete nos principais jornais da China.

No mesmo dia, aconteceu na China central outra tragédia escolar: um homem esfaqueou e feriu 22 crianças.

No entanto, a notícia foi rapidamente censurada. Não houve uma única menção da tragédia doméstica nos órgãos de comunicação convencionais chineses. A única forma de saber da notícia foi através do Weibo [zh], o twitter chinês.

A screen shot of the report on the school stabbing on Anhui TV from youku

Imagem captura de uma reportagem sobre o incidente na escola chinesa pela TV Anhui, feita pelo usuário youku

A diferença de atitude da CCTV e de outros grandes meios de comunicação na cobertura das duas notícias atraiu a atenção dos internautas, fazendo com que rapidamente se tornasse no assunto mais discutido no Weibo [zh].

Expressando solidariedade com as crianças, os internautas compararam as diferentes abordagens dos incidentes nos EUA e na China, e questionaram a censura injusta e a ignorância dos direitos humanos na China. Alguns internautas tentaram eles próprios relatar a notícia, postando imagens das crianças feridas no Weibo.

Seguem-se alguns comentários de conhecidos blogueiros e comentadores no Weibo [zh]:

大鹏看天下: 【你们不报道,我们自己来!】美国孩子出事,奥巴马垂泪,全美降半旗,中国中央电视台《新闻联播》发头条。中国孩子出事,当地教育局的干部在办公室开着暖气玩游戏,各大媒体全部噤声,无耻地沉默,仅在微博能看到一些零碎消息…这是目前可见的照片集合。

大鹏看天下: Se vocês não informam, informamos nós! Depois do incidente nos EUA, Obama chorou e toda a nação colocou as bandeiras a meia-haste. O incidente também foi notícia principal na CCTV. Já quando crianças chinesas foram feridas, os responsáveis educativos locais andavam a brincar nos escritórios. Todos os grandes meios de comunicação fizeram silêncio, um silêncio vergonhoso. Só se apanham pedaços de informação através do Weibo… aqui vai uma selecção de fotografias das crianças feridas.

小蝴蝶碎碎念:愚民政策,能愚到哪一天,以人为本,可笑!

小蝴蝶碎碎念: Durante quanto tempo funcionarão as políticas feitas para enganar o povo? Costumam dizer que “as pessoas são fundamentais”. Isto é ridículo!

韩志国:美国发生校园枪击案,这一消息一瞬间覆盖了中国媒体,大部分是头条新闻;同一天,河南光山县发生校园伤害案,主流媒体似乎都在装聋作哑,只在微博上才能看见。主流媒体如此迥异的态度,是因为中国儿童的生命不值钱吗?

韩志国: O massacre nos EUA foi divulgado em todos os meios de comunicação chineses, e foi quase sempre notícia de destaque; no mesmo dia, fecharam os olhos ao incidente numa escola na China, que só está disponível no Weibo. Os meios de comunicação convencionais tiveram duas atitudes diferentes, será porque a vida das crianças chinesas não tem valor?

 假装在纽约: 不要怪央视一整天都在报美国校园枪击案却对河南的校园砍人事件漠不关心了。领导的孩子都在美国啊。

假装在纽约: Não culpem a CCTV por passar o dia a relatar o tiroteio na escola americana, enquanto não noticiavam os esfaqueamentos na escola em Henan. Todos os filhos dos oficiais públicos chineses estão nos EUA!

慕容雪村: 中国和美国同时发生校园惨案,有关部门下达禁令,禁止报道自己家的丑事,于是各报纸,各电视开始大张旗鼓地报道美国惨案,他们做回顾,做总结,做分析,然后异口同声地大叫:看这万恶的资本主义!

慕容雪村: Uma tragédia numa escola aconteceu ao mesmo tempo em ambos os países. Os departamentos responsáveis impediram a divulgação do escândalo no nosso próprio país, então todos os jornais e canais de televisão cobriram em detalhe a tragédia nos EUA. Passaram em revista, resumiram, analisaram e depois gritaram em uníssono: vejam só o malvado capitalismo!

李宪法-:…..记者说封锁消息是各地各级政府应对天灾人祸的标准模式。

李宪法-: Os jornalistas dizem que a censura é a norma do governo para abordar as catástrofes, a todos os níveis de governo.

浪子布回头:《新闻联播》头条播出美国校园枪击案,就在同一天,河南光山县发生校园伤害案,22名学生被砍伤,他们却不置一辞!央视这种无视国民生死的恶劣行径,必须批判!必须向国民道歉!

浪子布回头: O massacre americano teve destaque nas notícias da CCTV; no entanto, no mesmo dia, as notícias não mencionaram os 22 alunos feridos na China. Este desrespeito pelas vidas comuns deve ser criticado! Têm de pedir desculpa a todos nós, cidadãos!

No meio da furor online contra o governo e os meios de comunicação chineses, houve uma voz distinta. Hu Xijin, editor-chefe do jornal Global Times, próximo do governo, tentou desviar as atenções dos internautas para os Estados Unidos, criticando o governo norte-americano [zh]:

胡锡进:美国小学枪击案致28死,不仅这种枪击案的反复发生骇人听闻,美国政府的不作为同样令人吃惊。难道这不是人权灾难吗?美国校园发生枪击案比中国校车出事造成孩子死亡多多了,但美国政府在袖手旁观。我不明白美国的家长们为何能够忍受。可怜那些孩子。

胡锡进: O massacre na escola primária americana resultou em 28 mortes. Não só são estes tiroteios revoltantes, como a atitude do governo dos Estados Unidos também foi surpreendente. Não será este um desastre de direitos humanos? Os incidentes de tiroteios em escolas nos Estados Unidos causaram muito mais mortes [até] do que acidentes com autocarros escolares na China, mas o governo dos EUA nada faz. Não entendo como os pais americanos conseguem tolerar isto. Pobres crianças.

As pessoas não se reviram no comentário de Hu, que em vez disso provocou uma onda de críticas. Um internauta respondeu [zh]:

段郎说事: 美国政府是否作为,由美国人民去判断和处置,胡操什么心?还是多操心家门内的孩子安全吧!

段郎说事: Caberá ao povo americano julgar como o governo dos Estados Unidos está a lidar com a questão. Porque se preocupa tanto com isso? Talvez se devesse preocupar mais com a segurança das crianças cá em casa!