Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

China: Intelectuais Discutem sobre Política e Prêmio Nobel de Literatura

Graças a seu projeto espacial, a suas medalhas olímpicas de ouro e a seu desenvolvimento econômico, a China fortaleceu sua imagem de país forte mundo afora. O fato de que a China superou o Japão para se tornar a segunda maior economia [en] do mundo, dá confiança ao governo chinês. Entretanto, na área da cultura e das artes, a China tem ficado para trás.

Muitos costumavam lamentar seu insucesso de ganhar o Prêmio Nobel de Literatura apesar de seus 5 mil anos de civilização e história. Por um lado, intelectuais pró-governo questionavam o julgamento da comissão do Prêmio Nobel, mas por outro lado, eles haviam procurado o reconhecimento da arte e da cultura chinesa por parte de seus inimigos ocidentais. Sendo assim, quando o comitê concedeu ao escritor chinês Mo Yan o prêmio deste ano, seus corações, endurecidos pelo longo legado de desprezo por parte dos organizadores do prêmio, amoleceram. A primavera havia, finalmente, chegado. [en]

Mo Yan

Mo Yan. Foto do usuário do Flickr  Isaac Mao. (CC: BY)

Muitos comentaristas acreditam que os membros do Comitê do Nobel para Literatura não levaram em conta o tema da política internacional em suas decisões. O escritor chinês Guangdi reafirmou [zh] a conquista literária de Mo Yan:

莫言可能是當下中國文壇最博大、勤奮的作家。博大源自其嘗試的路子多而寬,筆法汪洋恣肆、氣勢蓬勃、自由率性。至於深厚,我不敢說,需要時間來說。勤奮源自其寫作的數量和品質之積,也源自其不懈的開拓精神,就中國當下而言,無人能出其右。對社會的介入、對人性的探究是偉大作家理應追求的目標。莫言的語言才華與他的勤奮是矚目的。

Mo Yan é, provavelmente, o escritor mais experiente e perseverante na China. Ele já transitou por muitos tipos diferentes de gênero literário. Seu estilo literário é rústico, poderoso, maravilhoso e sincero.  Ainda é cedo para afirmar que suas obras sejam profundas, pois só a história poderá fazer o julgamento. No entanto, ele é muito produtivo e seus trabalhos são de boa qualidade. Ele está sempre explorando novos temas e gêneros. Neste sentido, não há outro escritor contemporâneo que possa competir com ele. Um grande escritor deveria intervir na sociedade e explorar a natureza humana. Os esforços de Mo Yan e seu domínio da linguagem são plenamente reconhecidos.

No entanto, alguns são da opinião de que Mo Yan está longe de ser um grande escritor. Por exemplo, o funcionário de mídia Kai Feng assinalou [zh]:

文學可以不涉及政治,但政治卻總是染指文學,況且是在這樣一個曾經將「文藝要為工農兵服務」推為文學創作的指導方針、有著政治全面控制文學經歷的國度裡,文學怎會脫離政治?

A literatura pode não ter nada a ver com política, mas a política sempre invade a literatura. O fato de que vivemos num país que no passado promoveu a ideia de que ”a literatura tem que estar a serviço do operário, do camponês do exército do povo” e que ainda exerce total controle do setor da literatura,  de que maneira poderia a literatura estar separada da política?

De fato, quando o Prêmio Nobel de Literatura foi anunciado, uma autoridade chinesa do alto escalão, Li Changchun [en], um membro da liderança do Comitê Central do Partido Comunista Chinês (CCP) [en], emitiu uma carta de parabéns à Associação Chinesa de Escritores. É por isto que Kai Feng levantou a questão [zh]:

評價一個作品,難道只剩下技術性的文法、結構了嗎?只有所謂「魔幻的現實主義」了嗎?一部作品的靈魂呢?作品的社會指向呢?在人道主義和人類理想主義精神方面的表現呢?

Pode-se avaliar uma obra literária unicamente por sua estrutura e sintaxe? E quanto ao suposto “realismo mágico”? O que dizer de sua alma? De sua relação com a sociedade? Seu humanitarismo e sua aspiração por uma sociedade ideal?

O ceticismo do público para com Mo Yan surge por causa de sua associação com o CCP e sua história de representante da Associação Chinesa de Escritores. Além disto, as pessoas não ficaram satisfeitas quando ele se negou a comparecer em um evento em Frankfurt em 2005 só porque o organizador havia convidado também o escritor dissidente Dai Qing. Muitos também são da opinião de que a participação de Mo Yan na cópia manuscrita de uma peça da obra de  Mao Zedong “Yan'an Talks on Literature and Art” [en] em maio de 2012 foi um ato vergonhoso.

Algumas pessoas chegam a comparar Mo Yan com Haruki Murakami, um famoso escritor japonês e outro candidato forte ao Prêmio Nobel de Literatura, e enfatizam a escolha de Murakami em “colocar-se do lado dos ovos e não do muro” [no sentido de se colocar do lado do oprimido].

Zhu Zhenqiang, colunista do My1510.cn, se solidariza [zh] com a posição de Mo Yan:

莫言在長期以來高壓、僵化的政治社會生態環境中,耍小聰明的生存道術及其自白,也是一大批混文混世、混著混著就混成了大小混混的一大批文人的真實寫照。

Mo Yan é obrigado a viver numa sociedade política altamente opressora e rígida. Ele tem que ser esperto a fim de sobreviver. Ele é um reflexo vivo daqueles que nadam nas águas enlameadas deste sistema enlameado.

Chen Geng, outro escritor no my1510.cn, também concorda [zh]:

我們不應當苛求于莫言,一切偉大者都是平凡者,都是有缺點的人,莫言也不例外!

Não deveríamos ser tão duros com Mo Yan. Todas as grandes pessoas não passam de pessoas comuns e têm suas fraquezas. Mo Yan é apenas uma dessas pessoas.

Chen acredita que o Prêmio Nobel de Literatura de Mo Yan porá um fim ao debate entre Hu Shih que foi influenciado pela literatura ocidental e Lu Xun que acreditava que a literatura existe para servir ao oprimido, que tura o desenvolvimento da cultura contemporânea chinesa.

Que tipo de pessoa é Mo Yan? Xi Wai, que conhece Mo Yan desde que ele era um jovem escritor, disse que ao mesmo tempo que Mo Yan é muito tímido e não gosta de falar abertamente, que é exatamente aquilo que seu nome significa – Mo [Não] Yan [Manifestar-se livremente] –  ele é também um divertido grande irmão para seus amigos e se recorda [zh] do período em que viveram juntos num vilarejo rural:

組織者在寬甸安排我們體驗民生,住在農家客棧,男女各一屋,統睡在大炕上,入睡前男生屋裡傳話過來說,根據莫言的經驗和建議,為避免傳到蝨子,晚上睡覺要脫光衣服,早上起來用炕帚掃遍全身,然後再穿衣服。結果導致女生屋子一片笑駡。

O Partido nos incluiu numa experiência de vida camponesa em Kuan Dian.  Morávamos num albergue camponês, homens e mulheres em dois quartos separados. Antes de irmos para a cama, os rapazes disseram que Mo Yan alegou que, para evitar que pulgas tomassem conta de seus corpos, eles tinham que dormir sem roupa e se espanar antes de se vestir de manhã. Demos boas gargalhadas no quarto das meninas aquela noite.

Independente de se gostar ou não de Mo Yan, não se pode deixar de reconhecer que ele é o primeiro chinês a ganhar o Prêmio Nobel com a aprovação do governo chinês. Notícias de que a literatura de  Mo Yan será incluída nos livros didáticos da escola fundamental ou de que a cidade natal de Mo Yan irá construir o parque temático “Red Sorghum”, baseado em um de seus romances, para atrair turistas, vão continuar aparecendo. Mo Yan e seu Prêmio Nobel se tornaram assunto público e continuarão a ser calorosamente debatidos tanto nos círculos político quanto social.

My1510.cn compilou o debate inédito sobre Mo Yan a partir do website my1510.cn e organizou as discussões na página de reportagens especiais em  Nobel Prize Complex [zh].