Fechar

Faça uma doação para manter o Global Voices no ar!

Cobrimos 167 países. Traduzimos em 35 idiomas. Somos o Global Voices.

Somos mais de 800 colaboradores trabalhando juntos em todo o mundo para oferecer aos nossos leitores notícias que são difíceis de encontrar em veículos tradicionais. Não podemos, porém, fazer tudo isso sozinhos. Embora a maioria de nós seja voluntária, ainda precisamos de sua ajuda para apoiar os nossos editores, tecnologias, projetos de extensão e defesa de direitos online, além dos eventos de nossa comunidade.

Doe agora »
GlobalVoices em Leia mais »

Maiores políticos tuiteiros da África? Vamos consertar a lista do The Guardian

No dia 30 de outubro de 2012, o jornal britânico ”The Guardian” publicou o artigo “Maiores tuiteiros da África: políticos pioneiros no debate digital” [en]. Mas será que o repórter, David Smith, se safou de fazer um trabalho bem-feito?

Os blogueiros subsaarianos do Global Voices acreditam que sim.

Muitos países foram omitidos e nenhum político francófono ou lusófono aparece na lista. E onde estão as mulheres? As mulheres políticas da África estão surgindo. Atualmente, Malawi e Libéria têm mulheres como presidente, enquanto uma jovem da Uganda recentemente se tornou o mais jovem membro de um parlamento na África [en].

Pessoas e países chave estão presentes de fato na lista do The Guardian?

Quais políticos realmente deveriam estar na lista? Existe também a questão “seguidores x engajamento”. Alguns membros da nossa comunidade apontaram que pode haver uma grande diferença entre o número de seguidores e o debate/engajamento, sendo que a lista é sobre “políticos pioneiros no debate digital”. Um membro disse:

Politicians like Martha Karua in Kenya are more engaging on Twitter even though they have less followers than other top politicians.

Políticos como Martha Karua do Quênia estão mais engajados no Twitter, mesmo tendo menos seguidores que outros políticos importantes.

O presidente ruandês, Paul Kagame, visitando crianças no Ibirunga Tennis Court, na cidade de Musanze, após aceitar o convite feito pelo Twitter por um blogueiro queniano, em março de 2011. Foto cortesia de SavyKenya

Nós decidimos popularizar uma lista compreensiva alternativa e você pode contribuir aqui [en].

Quando você adicionar um político ao documento, por favor adicione as seguintes informações:

  • Manuseio do Twitter
  • Número de pessoas que segue
  • Número de seguidores
  • Número de tweets
  • Breve descrição do uso do Twitter pelo político – como ela/ele é diferenciado?

Por favor, ajude-nos [en] adicionando à lista ou sugerindo o melhor mecanismo para selecionar quem deve ser considerado político pioneiro no debate digital na África.

Regiões do mundo

Países

Línguas