Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Estados Unidos: Ação a favor de jovens imigrantes indocumentados

Milhares de jovens imigrantes sem documentação comemoraram a notícia: o governo do presidente Barack Obama autorizou o registro para o programa de ação deferida, que os permite regularizar seu status migratório e trabalhista durante dois anos. Algumas das exigências para participar do programa são [es]: ter, no máximo, 31 anos de idade até o dia 15 de junho do ano corrente, ter chegado aos EUA antes dos 16 anos, ter estudado em uma escola americana ou servido nas Forças Armadas dos EUA.

No momento em que o Serviço de Cidadania e Imigração dos EUA (United States Citizenship and Immigration Services, USCIS) disponibilizou os formulários, seus escritórios em todo o país ficaram lotados com possíveis beneficiários. Navy Pier, em Chicago, por exemplo, recebeu 10 mil jovens; 5 mil a mais que o esperado [es].

Cientos de jóvenes en todo el país, como estos estudiantes de Nassau Community College en Nueva York, defienden la causa de los DREAMers. Foto de Flickr/longislandwins (CC BY 2.0)

Assim como estes estudantes do Nassau Community College em New York (foto),
centenas de jovens em todo o país apóiam a causa dos
DREAMers. Foto publicada no Flickr/longislandwins (CC BY 2.0).

No entanto, também há más notícias para os DREAMers (sonhadores, chamados assim por causa do projeto de lei DREAM Act [en]), como o fato de a governadora do Arizona, Jan Brewer, ter desafiado a Casa Branca, ao negar a oportunidade [es] a mais de 80 mil jovens imigrantes de se candidatarem a benefícios públicos no estado. Esta não é a primeira vez que Brewer se mete no debate em torno da política de imigração. Há dois anos, ela apoiou a controversa lei estadual SB 1070, a qual foi recentemente parcialmente anulada [es] pela Suprema Corte, por conter elementos que levavam à discriminação racial, especialmente contra hispânicos.

Alguns blogs, como o Immigration Direct [es], deixaram claro o que a ação deferida significa:

Acción diferida no le dará status legal. Acción diferida puede ser considera como un alivio de ser considerado para deportación. Esto no significa que tendrá status legal temporario porque, aunque sea aprobado para acción diferida, no se le perdona los años que ha pasado en el país ilegalmente. Esto se llama presencia ilegal.

A ação deferida não te dará um status legal. Ela pode ser considerada uma medida para não ser deportado. Isso não permite que você tenha um status legal temporário, porque, mesmo tendo sido aprovado para a ação deferida, os anos que você passou no país em situação ilegal não estão perdoados. A isso se chama “presença ilegal”.

Em relação às questões legais, o blog Immigration America [es] explica que, apesar da euforia em torno da medida, o processo deve ser conduzido com bastante cautela:

Solo usted puede tomar la decisión de aplicar. No se deje presionar. Obtenga primero todos los detalles. Recuerde, esto es solamente asesoramiento jurídico general. No hace referencia a su caso específico. Para obtener un consejo legal específico, consulte a un abogado de inmigración.

Só você pode tomar a decisão de se candidatar. Não se deixe pressionar. Obtenha primeiro todos os detalhes. Lembre-se, nós só fornecemos assessoria jurídica geral. Ela não necessariamente se aplica ao seu caso específico. Para obter aconselhamento legal específico, consulte um advogado de imigração.

As reações no Twitter não tardaram a aparecer, especialmente contra a medida da governadora Brewer.
O usuário Victor Hugo é um bom exemplo:

@victorhugophx: A pesar de la acción diferida, los soñadores reciben una puñalada en la espalda al negarles licencias de conducir en Arizona

@victorhugophx: Apesar da ação deferida, os DREAMers foram apunhalados pelas costas, pois não podem tirar carteiras de motorista no Arizona.

Eduardo Delgado afirma que as deportações vão parar, graças à medida governamental:

@eduardodlgd: Jóvenes ven como la amenaza de una deportación queda en el pasado

@eduardodlgd: Os jovens vêem como a ameaça da deportação fica no passado.

O representante de Illinois, Luis V. Gutierrez (@LuisGutierrez), que defendeu a causa dos DREAMers, comemora a medida adotada:

@LuisGutierrez: #DREAMers, you're probably more “American” than “immigrant.” Let's have the paperwork catch up with reality: http://bit.ly/RdqUmq  #DACA

@LuisGutierrez: #DREAMers, vocês provavelmente são mais “estado-unidenses” que “imigrantes”. Façamos com que os trâmites legais estejam à altura da realidade.

Porém, outros usuários, como David Bennion, encararam os benefícios da ação deferida com certo ceticismo:

@dcbennion: Cautious optimism on #deferredaction for #undocumented youth http://bit.ly/QFXUNN #DACA #unexpected

@dcbennion: Otimismo cauteloso quanto à ação deferida para os jovens indocumentados #inesperado.