Está vendo todos esses idiomas acima? Nós traduzimos os artigos do Global Voices para tornar a mídia cidadã acessível para várias partes do mundo.

Saiba mais sobre Tradução do projeto Língua  »

Brasil: “Humor” Misógino em Blog Patrocinado pela MTV

Eduardo Mendes, conhecido como EduTestosterona, mantém um blog patrocinado pela MTV chamado “Testosterona, o blog do macho moderno“. No final de agosto de 2012, um post de maio de 2010 intitulado “Como obter sexo anal com sua namorada”, que mostrava um vídeo de 3 minutos e meio fazendo apologia ao estupro, foi denunciado ao Ministério Público.

No vídeo ficcional, que já foi retirado do blog, após a personagem da namorada recusar por duas vezes a prática, o personagem Billy bate com um tijolo em sua cabeça a fim de estuprá-la. O vídeo termina mostrando Billy com a namorada desacordada na cama.

Em resposta a isso, internautas começaram a debater sobre o tipo de conteúdo misógino constantemente postado pelo blog e o patrocínio que recebe da MTV. Amanda publicou no Twitter:

Imagem da campanha online pelo fim do blog Testosterona, partilhada pela página Nós Denunciamos no Facebook

Imagem da campanha online pelo fim do blog Testosterona, partilhada pela página Nós Denunciamos no Facebook

Ainda não entendi porque a MTV não retirou o Testosterona do ar. Machismo dá tanto dinheiro assim?

Fátima, no blog Sub Judice, discute o post em termos legais. Segundo a autora, o vídeo postado por EduTestosterona “ensina uma modalidade de crime sexual (…), um crime hediondo”. Ela ainda completa e explica a relação de apoio ao Testosterona por parte da MTV:

Enquanto patrocinadora, ela [MTV] emite o seu ‘ok’ para o conteúdo veiculado, ou será que uma empresa com esse capital todo patrocinaria um blog com conteúdo com o qual não concordasse? Dífícil.

A lógica extraída poderia ser a seguinte: A MTV brasileira, empresa que notadamente influencia jovens ao criar tendências de comportamento e consumo, PAGA ao proprietário do blog para que ele cometa o crime de APOLOGIA AO CRIME.

As piadas sem graça na mídia brasileira

Apesar da MTV ter publicado nota dizendo que os Blogs parceiros não refletiam a opinião da emissora, organizações civis e indivíduos continuam questionando a parceria da emissora com o blog. As críticas dos blogs apontam que o humor promovido pelo Testosterona é feito através de um conteúdo que incita a humilhação dàqueles que são diferentes dos homens, heterossexuais, brancos e que não têm acesso a bens de consumo.

"Mulheres mordendo maçã, símbolo do fruto proibido". Foto de Andre M. Chang copyright Demotix (04/06/2011), São Paulo, Brasil.

“Mulheres mordendo maçã, símbolo do fruto proibido”. Foto de Andre M. Chang copyright Demotix (04/06/2011), São Paulo, Brasil.

Em seu blog, Andrea Chagas Cerqueira contra argumenta a o fato de que o blog é humorístico, como justifica Edu:

O autor do Testosterona acusa seus críticos de não terem senso de humor. O que ele parece não entender é que suas ideias têm consequências muito reais.

Em março, a Polícia Federal prendeu os autores de outro blog que incitava o ódio contra mulheres, gays e diversos grupos – eles eram parceiros do Testosterona e também postavam conteúdo no blog. Durante a investigação, a Polícia descobriu ainda que eles planejavam um massacre na Universidade de Brasília.

No post intitulado “A piada que estupra“, no blog PontoGG, Abbsaraiva escreve:

O que precisa ser dito é que esse tipo de humor é compartilhado socialmente porque exprime a violência intrínseca do grupo a qual pertence. Além disso, essas piadas justificam a discriminação social, estabelecendo a lógica dominante sobre quem precisa ser avacalhado, escrachado. Esse humor nos oferece a possibilidade de compreender historicamente a formação dos estereótipos, bem como compreender o modo perverso como se processa a reafirmação do preconceito. Nesse contexto, a MTV tem responsabilidade sim sobre os portais que ela hospeda.

"Tua boca é fundamental contra os fundamentalismos", "70% dos estupros acontecem dentro do 'lar'". Foto no Flickr de gaviota paseandera (CC BY-NC-ND). Porto Alegre, Brasil (2005)

“Tua boca é fundamental contra os fundamentalismos”, “70% dos estupros acontecem dentro do ‘lar'”. Foto no Flickr de gaviota paseandera (CC BY-NC-ND). Porto Alegre, Brasil (2005)

Depois da denúncia encaminhada ao Ministério Público Federal, o blog O machismo chato de cada dia postou a resposta da Secretaria de Políticas para Mulheres:

Não é incomum encontrar desvalorização e depreciação da imagem da mulher em peças publicitárias, novelas, programas humorísticos, letras de música etc. Isso traz como consequência o reforço à discriminação de gênero.

(…)

É fundamental que a sociedade se mobilize e se manifeste em favor de uma mudança de paradigma, podendo sempre contar com o apoio e o desenvolvimento de políticas públicas por parte desta Secretaria.

Assim, considerando o teor da denúncia, encaminhamos o caso para ciência e providências cabíveis por parte do Ministério Público Federal.

"Respeite as mulheres se for homem". Foto de Andre M. Chang copyright Demotix (04/06/2011), São Paulo, Brasil.

“Respeite as mulheres se for homem”. Foto de Andre M. Chang copyright Demotix (04/06/2011), São Paulo, Brasil.

Pelos menos duas petições foram iniciadas contra o blog Testosterona. Uma delas foi lançada a 13 de setembro pela comunidade online All Out, que luta pelos direitos de liberdade sexual. Chamada “MTV: Deixe de Patrocinar o Ódio” e com o objetivo de chegar a 10 mil assinaturas, a mensagem é direcionada ao presidente da MTV Networks, Van Toffler, para que a empresa encerre sua parceria com o blog Testosterona.

A outra foi criada a 4 de setembro pela cidadã Lívia de Figueiredo Brasil no Avaaz e pretende arrecadar 3 mil assinaturas e ser encaminhada à Secretaria de Políticas para as Mulheres.

Até a data que este post foi escrito, o vídeo continua online no YouTube, a MTV não se pronunciou novamente e o blog continua sendo patrocinado pela emissora.

Thiana Biondo colaborou neste post.
  • http://elivieira.com/ Eli Vieira

    Acrescento o seguinte dado: duas pesquisas científicas indicam que o humor depreciativo pode ser um facilitador de atos injustamente discriminatórios contra grupos humanos que, como dizem os autores, são tratados “com ambiguidade” por nossa cultura. Os resumos desses estudos podem ser encontrados em “atheis [ponto] me [barra] humordepreciativo”.

  • Salvatore Carrozzo

    Lógico que a MTV tem responsabilidade sobre isso!

  • http://www.facebook.com/sil99bio Silvana Sch

    Tem que levar o assunto para o Ministério Público mesmo. Vamos ver se esse babaca vai dar risada. O blog é um chamativo para todos os covardes liberarem seu ódio através de comentários podres. É nojento. Espero que ele seja responsabilizado, porque o que ele faz é crime.