Fechar

Faça uma doação para manter o Global Voices no ar!

Cobrimos 167 países. Traduzimos em 35 idiomas. Somos o Global Voices.

Somos mais de 800 colaboradores trabalhando juntos em todo o mundo para oferecer aos nossos leitores notícias que são difíceis de encontrar em veículos tradicionais. Não podemos, porém, fazer tudo isso sozinhos. Embora a maioria de nós seja voluntária, ainda precisamos de sua ajuda para apoiar os nossos editores, tecnologias, projetos de extensão e defesa de direitos online, além dos eventos de nossa comunidade.

Doe agora »
GlobalVoices em Leia mais »

Irã, Israel: “Não Estamos Prontos Para Morrer em Sua Guerra”

[Todos os links do post levam a páginas em inglês]

Pelas manchetes de grandes jornais parece que o Irã e Israel estão à beira da guerra. Políticos israelenses continuam a ameaçar atacar instalações nucleares iranianas, e autoridades iranianas recitam seus antigos slogans dizendo que Israel vai “desaparecer do mapa”.

Mas enquanto o ruído de guerra aumenta, em ambos os lados, o ativismo pela paz também cresce.

Recentemente israelenses se manifestaram pela paz na capital Tel Aviv e usaram a Internet para enviar uma mensagem de “não à guerra”.

"So once again, load and clear, we are saying NO to this war." From the Israeli-Loves-Iran Facebook campaign.

“Então, mais uma vez, alto e claro, nós estamos dizendo NÃO a esta guerra.” Da campanha do Facebook Israeli-Loves-Iran [Israelenses amam Iranianos].

Amantes da paz também continuam a juntar-se a uma página no Facebook que foi lançada em 19 de março de 2012 por Pushpin Mehina (também conhecido como Ronny) que diz aos iranianos que “os israelenses te amam e não bombardearão o seu país.” A página tem atualmente mais de 70.000 “likes”. No mesmo dia, os iranianos lançaram a página do Facebook “Do Irã pela Paz e Democracia“, que logo iniciou uma campanha para dizer aos israelenses “Nós somos seus amigos.”

Ambas as campanhas se juntaram novamente quando a página iraniana repostou a seguinte mensagem da página israelense:

We are millions of people who will be hurt. Will be drafted, will have to fight, lose our lives, our relatives. We, parents from TelAviv and Tehran will have to run with our children to the shelters and pray the missiles will miss us.But they will fall somewhere, on someone. These last few days the sound of war is becoming louder. So once again, load and clear, we are saying NO to this war. We saying to the people of Iran: We Love You.

Somos milhões de pessoas que serão feridas. Seremos alistados, teremos de lutar, perder nossas vidas, nossos parentes. Nós, os pais de Tel Aviv e Teerã, teremos que correr com as nossas crianças para os abrigos e rezar que os mísseis não nos achem. Mas eles vão cair em algum lugar, em alguém. Estes últimos dias o som da guerra tem se tornando mais forte. Então, mais uma vez, alto e claro, estamos dizendo NÃO a esta guerra. Estamos dizendo para o povo do Irã: Nós te amamos.

Na quarta, 16 de agosto, mais de 400 pessoas, incluindo professores universitários e ativistas dos direitos humanos, assinaram uma petição online pedindo que os pilotos israelenses se recusem a bombardear o Irã caso sejam mandados fazê-lo.

Se na petição online:

we regard a decision to launch an attack on Iran as a highly mistaken gamble, which would entail severe risks for the State of Israel and would not solve the basic problem. As already mentioned, even the best operational success would not stop the Iranian nuclear program but only delay it – and for this temporary delay all of us would have to pay an exorbitant price, possibly a terrible one. You, the Air Force pilots – more than anyone else – have in your hands the real power to avert this disaster.

consideramos a decisão de lançar um ataque contra o Irã como uma aposta muito errada, o que acarretaria riscos graves para o Estado de Israel e não resolveria o problema básico. Como já mencionado, até mesmo o melhor sucesso operacional não iria parar o programa nuclear iraniano, mas apenas adiá-lo – e para este atraso temporário todos nós teríamos que pagar um preço exorbitante, possivelmente um preço terrível. Vocês, pilotos da Força Aérea – mais do que qualquer outra pessoa – tem em suas mãos o poder real para evitar este desastre.
  • http://twitter.com/SantanaAnalista Luiz Henrique da S.S

    Israel não deseja a guerra, mas os persas provocam, ameaçando aniquilar o Estado israelita.

    • Marcos_brago

      O Irã não vai atacar Israel. Isso é mais claro que o dia, apesar do infeliz ódio que existe entra as duas nações. Isso é uma paranóia por parte de israel, ou uma tentativa de justificar algo que na verdade não se justifica.

  • Alonsofranca

    A bestealidade esta em todos os lugares, até agora não no poder de persuação total! Quando será o cataclismo? 

Regiões do mundo

Países

Línguas