Fechar

Faça uma doação para manter o Global Voices no ar!

Cobrimos 167 países. Traduzimos em 35 idiomas. Somos o Global Voices.

Somos mais de 800 colaboradores trabalhando juntos em todo o mundo para oferecer aos nossos leitores notícias que são difíceis de encontrar em veículos tradicionais. Não podemos, porém, fazer tudo isso sozinhos. Embora a maioria de nós seja voluntária, ainda precisamos de sua ajuda para apoiar os nossos editores, tecnologias, projetos de extensão e defesa de direitos online, além dos eventos de nossa comunidade.

Doe agora »
GlobalVoices em Leia mais »

Togo: Tréguas Frágeis Emergem Depois de Cinco Semanas de Protestos Estudantis

No Togo, país de África ocidental, a luta dos estudantes por melhores condições na educação atingiu agora a sua 5ª semana [en], e apesar da recente trégua, tensões seguem elevadas na capital Lomé.

Um vento apaziguador parecia ter soprado nas demonstrações organizadas pelo Mouvement pour l'Épanouissement des Étudiants Togolais – MEET (Movimento pela Realização dos Estudantes Togoleses), quando os estudantes tentaram obter das autoridades a reintegração [fr] do presidente da associação estudantil em 30 de junho. Abou Seidou, estudante da Universidade de Lomé, havia sido anteriormente expulso por alegações de ter causado problemas no campus.

A reintegração era esperada para abrir caminho para negociações. Apesar desta primeira vitória simbólica, e apesar do subsequente chamado do MEET para que não houvesse manifestação na sexta-feira, 1º de julho de 2011, uma parcela da população estudantil decidiu manter a pressão contra o governo e saiu em protesto.

A manifestação de 1º de julho de 2011 em Lomé, Togo. Imagem de Morgan Coolpot Bello no Facebook.

A manifestação de 1º de julho de 2011 em Lomé, Togo. Imagem de Morgan Coolpot Bello no Facebook.

Charles Le Bon, um blogueiro local [fr], descreveu os eventos de 1º de julho em um post no dia seguinte. Segundo ele:

en craignant que cette journée ne soit un vendredi noir, vu le soutien de la quasi totalité des parti politiques, de la société civile et des organisations de défenses des droits de l’homme, le gouvernement est revenu dans la nuit du jeudi 30 juin sur la décision d’exclure pour six (6) ans le président du MEET.

Temendo que este dia fosse ser uma sexta-feira negra, tendo visto o apoio da quase totalidade dos partidos políticos, da sociedade civil e das organizações de defesa dos direitos do homem, o governo voltou atrás em 30 de junho na decisão de excluir por seis (6) anos o presidente do MEET.

Uma cena violenta que mostra forças de segurança batendo em estudantes foi gravada em 1º de julho e publicada no YouTube em 4 de julho por Sylvio Combey, um jornalista togolês. Combey alega também ter sido espancado por forças públicas enquanto filmava o vídeo. No minuto 0:25 pode-se ouvir um policial pedindo em francês para que ele entregue a câmera, a que o jornalista se recusa a fazer, dizendo “Por quê, porque estou trabalhando?”:

Por enquanto, estudantes togoleses ainda não tiveram êxito em suas principais demandas para melhores condições de educação – entre elas, estão o aumento e o pagamento de suas bolsas de estudo.

Regiões do mundo

Países

Línguas