Fechar

Faça uma doação para manter o Global Voices no ar!

Cobrimos 167 países. Traduzimos em 35 idiomas. Somos o Global Voices.

Somos mais de 800 colaboradores trabalhando juntos em todo o mundo para oferecer aos nossos leitores notícias que são difíceis de encontrar em veículos tradicionais. Não podemos, porém, fazer tudo isso sozinhos. Embora a maioria de nós seja voluntária, ainda precisamos de sua ajuda para apoiar os nossos editores, tecnologias, projetos de extensão e defesa de direitos online, além dos eventos de nossa comunidade.

Doe agora »
GlobalVoices em Leia mais »

Haiti: O artista ou a professora?

Cédulas de votação. Image by @2012writer: "Meu voto foi fácil. Na escola Don Bosco em PV, a votação foi tranquila, fui às 11h da manhã e tinha iniciado às 6h da manhã. Sem filas."

De acordo com informações divulgadas pelo Twitter sobre o andamento das eleições presidenciais no Haiti no dia 20 de março, as filas nos locais de votação são enormes, e os eleitores que votam no Lycée Petion e Lycée Croix des Bouquets não conseguiram encontrar seus nomes nas listas de votação. O mesmo problema também atrapalhou as eleições originais, em novembro do ano passado. Mas muitos já especulam o resultado. Pesquisas de opinião conduzidas semanas antes das eleições têm mostrado o artista Michel Martelly liderando contra a rival Mirlande Manigat, uma professora universitária e ex-primeira dama do Haiti.

@sdarguin1906: "Who shall it be?"

@sdarguin1906: "Quem deve ser?"

Eleitores vindo para a votação em Cite Soleil Lycee são saudados por gritos de: tetkale“, postou no Twitter a jornalista do Miami Herald, Jacqueline Charles (“tetkale” é um dos apelidos de  Martelly, referindo-se a cabeça calva do candidato), e imagens postadas no Twitter mostram o candidato sendo recebido entusiasticamente pelos eleitores:

@MRSandell: "Outside polling station as Martèlly comes to vote"

@MRSandell: "Do lado de fora do local onde Martèlly veio votar"

.@Telenoticiasrd: "Martelly saliendo de votar. Multitud en las afueras." [Martelly exits after voting. Crowd outside].

@Telenoticiasrd: "Martelly deixando o local onde votou. Uma multidão o esperava do lado de fora."

@MRSandell: "'Sweet Micky' supporters stand to catch a glimpse of their man"

@MRSandell:"'Encantador Micky' eleitores se espremem para ver por alguns momentos o homem deles"

@mhsaintluc, embora, sendo evidente em seu apoio a Manigat, postou o seguinte:

J'ai pu finalement voter la personne la plus apte apporter le changement qu'attend Haiti!

@mhsaintluc: "Eu finalmente pude votar pela pessoa mais qualificada para continuar as mudanças que o Haiti vem esperando."

A candidata é fotografada chegando em seu local de votação.

@jacquiecharles: "#Manigat arriving to vote."

@jacquiecharles: "#Manigat chegando para votar."

Uma pergunta que provavelmente está na mente de muitos é: que candidato tem o apoio do polêmico ex-presidente Jean-Bertrand Aristide, que retornou ao país na sexta-feira, seis anos depois de ser desposto por um golpe de Estado e forçado ao exílio? Esta foto postada por @cliffchevalier sugere que pode muito bem ser Manigat.

Flyers being circulated in Haiti showing Aristide calling for a Manigat vote. "Kay" means Manigat?

@cliffchevalier: "Panfletos que circulam no Haiti mostram Aristide apelando votos para Manigat. "Kay" Significa Manigat?" O texto no panfleto diz: "Aristide pede a todos os Haitianos para transformar o coração da Câmara Haitiana (de Deputados) numa Câmara "Kay" ." O slogan do partido de Manigat é "Ti Kay La, Kay Pep La".

O que pode fazer sentido, em face desta faixa supostamente postada na Cité Soleil, a massiva favela onde muitos residentes permanecem leais a Aristide. O texto da faixa diz: “Mamãe já está aqui. Seja bem-vindo, Papai!”

@etiennecp: "#Manigat trying to please #Aristide supporters in Cité Soleil w/ welcome banners."

@etiennecp: "#Manigat tentando agradar eleitores de Aristide in Cité Soleil com faixas de seja bem-vindo."

Regiões do mundo

Países

Línguas